Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
24/06/20 às 11h08 - Atualizado em 24/06/20 às 11h11

Doação de protetores faciais

 

Por: Ascom do MPTDF

Com o objetivo de proteger a saúde dos servidores e da população carcerária do Distrito Federal, o Ministério Público do Trabalho, representado pela procuradora Daniela Costa Marques, destinou R$ 300 mil para aquisição de equipamentos e matéria prima para a Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnológicos (Finatec), que vai produzir, por meio do projeto Produção Vida 2020, 2 mil protetores faciais – face shield – para os agentes do Sistema Penitenciário do Distrito Federal, composto por seis unidades do complexo da Papuda, a Penitenciária Feminina (Colméia) e o Centro de Progressão Penitenciária (CCP).

O Complexo Penitenciário da Papuda chegou a ser a região do Distrito Federal com o maior número de infectados pela Covid-19. Segundo Boletim Epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde nesta segunda-feira (22/6), 1.073 presos foram infectados pelo novo coronavírus e foram registrados quatro óbitos. Atualmente, o Sistema Peninteciário do Distrito Federal conta com 1,9 mil servidores e tem população carcerária estimada em 15,3 mil detentos.

Para acompanhar a questão de perto, o Ministério Público do Trabalho no Distrito Federal instituiu o Grupo de Trabalho (GT) Sistema Prisional, com objetivo de acompanhar o plano de prevenção, contenção e enfrentamento do Covid-19 no sistema penitenciário do DF. O GT é composto pela procuradora Daniela Costa Marques (coordenadora) e pelos procuradores Charles Lustosa Silvestre Angelo Fabiano Farias da Costa.

A procuradora Daniela Costa Marques ressalta que o MPT tem priorizado a destinação de recursos para o combate emergencial da pandemia do novo coronavírus. “É pública e notória a situação árdua que o país e o mundo estão passando. A pandemia da Covid-19 trouxe problemas não só relacionados à saúde propriamente dita – rápida evolução da doença, ausência de vacina e medicamentos, número de mortes, falta de leitos nos hospitais –, mas também a falta de equipamentos de proteção à população e profissionais da linha de frente, ao isolamento e às questões sociais”, afirma.

O chefe de gabinete Érito Pereira da Cunha, da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária do Distrito Federal, também destaca a importância dessa destinação para o combate ao contágio da Covid-19 nas unidades penitenciárias. “Não há dúvida de que essa doação vem para auxiliar ainda mais, para que os nossos policiais e o pessoal da saúde, que têm esse enfrentamento mais próximo, fique mais protegido.”

Projeto de fabricação das máscaras

O projeto Produção Vida 2020 é conduzido pelo Laboratório Aberto de Brasília (LAB), fruto de parceria entre Universidade de Brasília (UnB) e a Finatec. As máscaras são criadas por alunos de graduação e de pós-graduação de diversos cursos da UnB e por professores da Faculdade de Tecnologia. Para mais informações sobre o projeto, acesse: http://www.laboratorioaberto.com.br/.

A coordenadora do LAB, professora doutora Andréa Cristina dos Santos, explica que o investimento na infraestrutura do Laboratório será aproveitado após a pandemia, permitindo a criação de novos produtos para a comunidade. “As máquinas não são exclusivas para a produção do protetor facial. São máquinas de manufatura aditiva que podem ser utilizadas para a fabricação de diferentes produtos. O maquinário será aproveitado para o oferecimento de serviços para a comunidade e para treinar profissionais para a indústria do futuro”, afirma

Alunos e professores participam de fabricação das máscaras
Alunos e professores participam de fabricação das máscaras

A Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnológicos é entidade de direito privado, sem fins lucrativos, reconhecida como fundação de apoio à pesquisa, que presta serviços à Universidade de Brasília. “A Finatec possui credenciamento com os Ministérios da Educação e da Ciência e Tecnologia para prestar apoio à UnB. Por força de lei, esse apoio se dá na forma de gestão dos projetos de pesquisa, desenvolvimento institucional, científico, tecnológico e de extensão”, explica o superintendente da Finatec, Gustavo Condeixa.

Os projetos desenvolvidos pela Finatec recebem doações de pessoas físicas e jurídicas. Para doar, acesse o endereço eletrônico: https://www.finatec.org.br/doacoes-apoio-pesquisas.

Processo nº 0013100-46.2009.5.10.0020

Secretaria de Estado de Administração Penitenciária - Governo do Distrito Federal

SEAPE

Secretaria de Estado de Administração Penitenciária – SEAPE SIA Trecho 3, Lotes 1379/80 - CEP: 71.200-032 Telefone: 3234-6406 | E-mail seapedf.gedoc@gmail.com.